terça-feira, 27 de setembro de 2011

Semana de compromissos

http://3.bp.blogspot.com/_ViJghWjx6yw/TAMoDFS1PVI/AAAAAAAAEKI/ht-bvtbPks4/s1600/boneca+4.jpg

Esta semana estou cheia de compromissos médicos. Na segunda fui ao meu urologista. Como já comentei tenho um duplo J e tenho que ter um acompanhamento rigoroso, e agora também apareceu um tumor nele, coitadinho...
Vamos ter que exterminá-lo.
Estou tentando brincar com a situação, mas fiquei chateada né! Terei que tirar o meu rim esquerdo. Sei que ele já não estava funcionando como deveria mas é meu e não queria me separar dele. Enfim se tem que ser assim só me resta aceitar e me fortalecer para enfrentar mais este probleminha.
Como disse , a semana esta cheia de compromissos. Hoje estive  na AACD  fazendo uma triagem. A médica (Dr Adriana) pediu para que levasse um relatório de meus médicos para assim saberem o que fazer corretamente. Ela explicou que se for lesão medular é lá mesmo que faz a reabilitação, agora se for radicular é em outro local. Tenho exames que apresenta os dois por isso ela ficou confusa. Também falou que a seqüelas têm que estar estabilizadas coisas que parece que a minha não esta. Ao me examinar falou que comparando com meus exames estou tendo uma piora da função MMI (músculos membros inferiores) e perdendo o controle do tronco.
Para falar a verdade a gente se acostuma com a situação e tem coisas que não percebemos, foi o caso do meu tronco. Nem tinha percebido que realmente não estou conseguindo mais ficar sentada sem apoio nem que seja com meus braços fazendo alavanca.
Quinta feira tem outro médico (especialidade) para ir. Vamos falar como esta sendo o tratamento do hormônio e sobre o procedimento cirúrgico.
Estou com um buraco no estômago (ansiedade) para resolver da melhor maneira e mais rápido possível e só desejo não passar mais um Natal e Ano Novo na cama.
Prometo que depois posto aqui notícias fresquinhas sobre a minha consulta médica.
Mais uma vez Rogo á DEUS para me ajudar a enfrentar mais estes obstáculos, que ELE me dê força para conseguir ajudar os médicos e me ajudar.
Beijinhos a todos e fiquem com DEUS.
Ah, deixo um vídeo que gosto muito.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Que dor na coluna!!!




Esses últimos dias "ando" sentindo uma dorzinha chata na coluna. Como não consigo girar o corpo para me olhar no espelho, ontem pedí para meu marido tirar uma foto para ver como estava.
Esta bem inchado, agora vou ter que achar um ortopedista que queira cuidar de mim. Espero agora ter mais sucesso , afinal já se passou algum tempo do ocorrido.
Deixa explicar; a algum tempo atrás me deparei com uma tal e errada ética médica (cumplicidade) que em todos os médicos que ia eles me enrolavam e não fazia questão de continuar ou começar nenhum tratamento comigo, isso por que como a maioria sabe, fui vítima de uma infecção hospitalar que me deixou muitas sequelas. Parecia que eles(médicos) tinham medo de se envolver...
Fico muito tempo sentada, e tenho uma prótese na coluna , então tenho que ter muito cuidado...
Assim que conseguir ir ao ortopedista posto o resultado aqui.

Beijinhos e fiquem com Deus.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Cachorro manco.

Diante de uma vitrine atrativa, um menino pergunta o preço dos filhotes 'a venda. "Entre 30 e 50 dólares", respondeu o dono da loja.
O menino puxou uns trocados do bolso e disse:
- "Eu só tenho 2,37 dólares, mas eu posso ver os filhotes?"
O dono da loja sorriu e chamou Lady, que veio correndo, seguida de cinco bolinhas de pelo. Um dos cachorrinhos vinha mais atrás, mancando de forma visível.
Imediatamente o menino apontou aquele cachorrinho e perguntou:]
- "O que é que ha com ele?"
O dono da loja explicou que o veterinário tinha examinado e descoberto que ele tinha um problema na junta do quadril, sempre mancaria e andaria devagar. O menino se animou e disse:
- "Esse é o cachorrinho que eu quero comprar!"
O dono da loja respondeu:
- "Não, você não vai querer comprar esse. Se você realmente quiser ficar com ele, eu lhe dou de presente."
O menino ficou transtornado e, olhando bem na cara do dono da loja, com o seu dedo apontado, disse:
- "Eu não quero que você o de para mim. Aquele cachorrinho vale tanto quanto qualquer um dos outros e eu vou pagar tudo. Na verdade, eu lhe dou 2,37 dólares agora e 50 centavos por mês, ate completar o preço total."
O dono da loja contestou:
- "Você não pode querer realmente comprar este cachorrinho. Ele nunca vai poder correr, pular e brincar com você e com os outros cachorrinhos."
Ai', o menino abaixou e puxou a perna esquerda da calca para cima, mostrando a sua perna com um aparelho para andar.
Olhou bem para o dono da loja e respondeu:
- "Bom, eu também não corro muito bem e o cachorrinho vai precisar de alguém que entenda isso." Diante de uma vitrine atrativa, um menino pergunta o preço dos filhotes 'a venda. "Entre 30 e 50 dólares", respondeu o dono da loja.
O menino puxou uns trocados do bolso e disse:
- "Eu só tenho 2,37 dólares, mas eu posso ver os filhotes?"
O dono da loja sorriu e chamou Lady, que veio correndo, seguida de cinco bolinhas de pelo. Um dos cachorrinhos vinha mais atrás, mancando de forma visível.
Imediatamente o menino apontou aquele cachorrinho e perguntou:]
- "O que é que ha com ele?"
O dono da loja explicou que o veterinário tinha examinado e descoberto que ele tinha um problema na junta do quadril, sempre mancaria e andaria devagar. O menino se animou e disse:
- "Esse é o cachorrinho que eu quero comprar!"
O dono da loja respondeu:
- "Não, você não vai querer comprar esse. Se você realmente quiser ficar com ele, eu lhe dou de presente."
O menino ficou transtornado e, olhando bem na cara do dono da loja, com o seu dedo apontado, disse:
- "Eu não quero que você o de para mim. Aquele cachorrinho vale tanto quanto qualquer um dos outros e eu vou pagar tudo. Na verdade, eu lhe dou 2,37 dólares agora e 50 centavos por mês, ate completar o preço total."
O dono da loja contestou:
Você não pode querer realmente comprar este cachorrinho. Ele nunca vai poder correr, pular e brincar com você e com os outros cachorrinhos."
Ai', o menino abaixou e puxou a perna esquerda da calca para cima, mostrando a sua perna com um aparelho para andar.
Olhou bem para o dono da loja e respondeu:
- "Bom, eu também não corro muito bem e o cachorrinho vai precisar de alguém que entenda isso."

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

http://4.bp.blogspot.com/_tZgpHvI7XG4/S7E2yhTOTkI/AAAAAAAAASA/Ie7PBDQckY0/s1600/DIA_FELIZ.jpgSó passei por aqui para dar alguma notícia minha.



Desde ontem estou com uma enxaqueca que ninguém merece...
Comecei meu tratamento com remédios via oral. As dores estão bem amenizadas, pelo menos só dói se apalpar o abdômen. Já é um progresso, GRAÇAS A DEUS.
Atualmente estou tomando: Metadona, Citrato de Tomoxifeno, Gabaneurin, Celecoxibe, Benfotiamina além é claro da dose diária de levotiroxina para regular a tireóide.
Em quinze em quinze dias terei que ir ao médico para fazer nova avaliação.
Não sei se a enxaqueca é por causa dos remédios, espero que não seja e sim coincidência. A três dias meu coro cabeludo esta muito sensível a ponto de não conseguir arrumar meu cabelo, a boca um pouco amarga, e os seios muito sensíveis , e do resto tudo normal.
Amanhã será um novo dia e estarei renovada para viver “Um dia de cada vez e sempre...”
Fiquem com Deus.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

A ESPERANÇA não me abandona.

http://4.bp.blogspot.com/_8EXu-tw3K8I/TL2kGSOpKZI/AAAAAAAACv4/ziPe7uKXUDs/s1600/esperanca.gif
 
Sei que meu blog está abandonado, mas tenho explicação para isso: Primeiro queria esperar notícias boas para postar, então esperei a realização de todos os exames e da saga do convênio liberar, ou não, outros.
Meu convênio não liberou o Pet Scan/CT e precisei fazer particular. O valor é bem salgadinho, aí fiquei pensando: “E quem não tem mesmo condições de pagar, como fica?”.
Cada exame que faço me enche de esperança que os tumores tenham sumido ou mesmo diminuído. Infelizmente o resultado me desapontou.
Aqui esta o resultado:



 Análise:
As imagens metabólicas mostram acúmulo anômalo da glicose marcada nas seguintes topografias:
Nódulo sólido parapiélico no pólo inferior do rim esquerdo, medindo 1,5cm (SUV=6,2)
Massa irregular de aspecto retrátil medindo nos maiores eixos 3,9x4,5x6,1cm (LLxAPx6,1) (SUV=6,7) anterior aos vasos ilíacos comuns à esquerda.
Linfonodomegalias  retroperitoneais medindo até 1,1cm, notadamente nas cadeias periaórtica e ilíacas (SUV de até 1,9)
Adjacente a material de fixação metálica na coluna lombar, possivelmente inflamatório.
Não se observam outras áreas com captação anômala da glicose marcada.

Achados da tomografia computadorizada sem expressão metabólica:
Nódulos pulmonares esparsos não calcificados, menores que 0,4cm, indeterminados.
Opacidade focal com atenuação de vidro fosco no subsegmento posterior do lobo superior do pulmão esquerdo, medindo 0,7cm, inespecífica.
Sinais de nefropatia crônica esquerda, com cateter do tipo duplo J.
Histerectomia.
Demais estruturas sem alterações significativas.

OPINIÃO:
Nódulo sólido parapiélico no pólo inferior do rim esquerdo, com atividade metabólica aumentada, incaracterístico.
Captação de glicose marcada em massa adjacente aos vasos ilíacos comuns à esquerda e em alguns linfonodos retroperitoneais.
Demais estruturas sem alterações metabólicas significativas.
Nódulo com atenuação de vidro fosco no pulmão esquerdo. A critério clínico é conveniente controle.

Agora vou começar um tratamento durante três meses a base de hormônios, chama-se hormonioterapia. É uma grande quantidade de hormônios via oral que a intenção (e esperança) é que esses tumores parem de crescer, e quem sabe ate diminuir... Caso contrário terei que fazer mais uma cirurgia e biópsia. Meu médico já me preveniu que em pouco tempo minha aparência poderá mudar, isto é, menopausarei, kkk
Quem tiver interesse entra no site abaixo que tem uma breve explicação sobre esse tipo de tratamento.
Outra coisa que fiquei muito chateada é sobre meu intestino e bexiga. Quem é lesado sabe do que falo. Meu médico disse que estou no lucro de precisar fazer enema dia sim/dia não, e que a tendência é que não sinta evacuar. Estou apresentando incontinência urinária. Preciso me programar muito para sair. Quando sei que tenho algum compromisso já fico desde o dia anterior sem tomar líquido, caso contrário passo vergonha. Ser cadeirante não é fácil, não é simplesmente não andar e depender de uma cadeira tem tudo “o mais” que acompanha isso.
Mas continuo dizendo que pior disso tudo continua sendo as dores que sinto.
Procuro não deixar sentimentos negativos me apossarem, mas essa semana estou com raiva de saber que tudo isso começou devido a uma infecção hospitalar.
Ontem peguei um taxi e o motorista do nada me falou: “Nossa, a senhora tem um jeito de pessoa tão ativa, essa sua deficiência é coisa nova né?” Essa pergunta me fez lembrar o quanto eu realmente era ativa. Hoje fico mais em casa, no meu quarto do que em qualquer outro lugar. Não por causa da deficiência, mas sim por ser a posição na qual menos sinto dor.
Vivo me vigiando para não me tornar uma pessoa ranzinza com tantas dificuldades que encontro cada vez que saio de casa. Sempre me deparo com lugares que não posso entrar ou improvisados, o que se torna uma aventura. Como já contei, todos aqui em casa abraçaram a minha causa e deixam de ir a esses lugares mesmo se não estão comigo.
Um exemplo é o casamento de meu filho onde minha nora está super preocupada onde vai ser, afinal, na nossa igreja tem escadas no presbitério. Lógico que já sugeri de ficar embaixo, mas ela faz questão de me ter ao seu lado.
Muitas vezes me sinto solitária. Todos da minha família saem para trabalhar e voltam à noite. Normalmente fico mais tempo sozinha. Amigos? Eles não se afastaram de mim, simplesmente vamos deixando de nos ver com freqüência, afinal todos têm compromissos, correrias e muitos assuntos do dia a dia, o que muitas vezes não tenho e já não faço parte. Meu tempo é diferente do deles, e hoje meus problemas são outros.
Tenho muita fé em Deus que logo as dores vão minimizar e conseguirei fazer um monte de coisas que desejo; tirar minha carta, fazer cursos e quem sabe ate trabalhar.
Enfim, essas são minhas notícias. Beijinhos a todos e fiquem com Deus.