sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Algumas dicas

[capa.jpg]Quando a pessoa esta sentada é muito incômodo ficar olhando para cima por muito tempo, então ao  conversar mesmo por pouco instante com alguém  que usa cadeira de rodas, ou que tenha mobilidade reduzida procure sentar, só assim os olhos ficarão no mesmo nível tornando a conversa muito mais prazerosa

Vou passar algumas dicas que muita vezes deixamos de faze-las por falta de conhecimento.
A cadeira de rodas (assim como as bengalas e muletas) é parte do espaço corporal da pessoa, quase uma extensão do seu corpo. Agarrar ou apoiar-se na cadeira de rodas é como agarrar ou apoiar-se numa pessoa sentada numa cadeira comum. Isso muitas vezes é simpático, se vocês forem amigos, mas não deve ser feito se vocês não se conhecem.
Nunca movimente a cadeira de rodas sem antes pedir permissão para a pessoa. Empurrar uma pessoa em cadeira de rodas não é como empurrar um carrinho de supermercado. Quando estiver empurrando uma pessoa sentada numa cadeira de rodas e parar para conversar com alguém, lembre-se de virar a cadeira de frente para que a pessoa também possa participar da conversa.
Se você estiver acompanhando uma pessoa deficiente que anda devagar, com auxílio ou não de aparelhos ou bengalas, procure acompanhar o passo dela.
Quando sairem juntos a um barzinho ou mesmo casa de alguém, mantenha as muletas ou bengalas sempre próximas à pessoa deficiente.
Esteja atento para a existência de barreiras arquitetônicas quando for escolher uma casa, restaurante, teatro ou qualquer outro local que queira visitar com uma pessoa com deficiência física.
Não se acanhe em usar palavras como "andar" e "correr". As pessoas com deficiência física empregam naturalmente essas mesmas palavras e se divertem com isso.

Trate a pessoa com deficiência com a mesma consideração e respeito que você usa com as demais pessoas.
Devemos respeitar a individualidade de cada um, não fingindo que somos todos iguais, porque não somos e nem precisamos ser, graças a Deus. Não devemos rotular ninguém, pois cada um tem uma essência diferente, não dá pra sentir o que se tem por dentro olhando pelo lado de fora. 
Deixar aflorar a sensibilidade é o primeiro passo para se desvendar a essência de alguém.
Não há virtude mais importante do que a sensibiliadade.
Deixe aflorar a sua, exercite-a!


2 comentários:

  1. Adorei o post!!!! As dicas são perfeitas!!!
    Aliás, adorei o blog também!!!
    Parabéns!

    ResponderExcluir